A place where you need to follow for what happening in world cup

Como introduzir uma criança no universo da leitura

Histórias em quadrinhos permite leitura com diversão

0 169

A leitura permite que as pessoas possam acessar um mundo com várias possibilidades, dessa forma, há a chance de conhecer novas culturas e outras linguagens. 

Crianças lendo
Fonte/Reprodução: QueroBolsa

Pais, educadores e responsáveis são os que fazem o maior incentivo para que as crianças entrem neste novo universo de descobertas, no entanto, não é fácil iniciar os pequenos no mundo da leitura. Com isso, existem algumas dicas que devem ser seguidas para facilitar esse processo. 

Ofereça histórias em quadrinhos  

Uma boa opção para as crianças iniciantes na leitura seriam as histórias em quadrinhos, já que, os gibis possuem uma linguagem simples, que cabem no entendimento das mesmas e, dessa forma, se tornam a melhor opção para ajudar os pequenos a ter o costume de ler com bastante diversão.

Dê livros de presente 

Primeiramente, para que uma criança crie o hábito de leitura, é preciso que ela ganhe livros. Atualmente, existem diversos autores das linhas infantis e infanto-juvenis. 

Os livros indicados às crianças de faixa pré-escolar seriam os livrinhos de banho, nos quais possuem figuras e poucas palavras. Para as crianças de até 3 anos é recomendado fazer a introdução de livros como presentes, onde tenham gravuras, figuras coloridas e fotos que chamem sua atenção. 

Dos 3 aos 6 anos, o ideal é que os livros tenham histórias curtas e que sejam fáceis de ler. A partir dos 6 anos, os livros já devem estar de acordo com os gostos de cada criança, além do conteúdo ser estendido gradativamente.

Faça a leitura junto das crianças

Ler uma pequena história com as crianças ou um capítulo a cada noite é importante pois, além dos pais poderem passar um tempo com os pequenos, o momento irá ajudar a incentivar que eles tenham interesse no mundo da leitura.

Coloque o personagem em ação

Ao se ler uma história, é normal que o personagem principal tenha sua personalidade e tome algumas atitudes de acordo com cada situação. Uma boa dinâmica seria a de colocar a criança como o personagem principal e perguntar o que ele iria fazer em certos momentos. 

Por fim, o ideal é iniciar com a situação mais complicada que surgiu no livro e, em seguida, soltar a imaginação no intuito de fazer com que a criança pense em mais soluções nas quais poderiam ter sido escolhidas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.