A place where you need to follow for what happening in world cup

Suspensão do pagamento do Fies é aprovado

0 96

O Senado fez a provação nesta quarta-feira (05/05) da suspensão do pagamento de todas as parcelas do Fundo de Financiamento Estudantil, também conhecido como Fies, até o mês de dezembro deste ano.

No ano de 2020, o texto feito pelo senador Jayme Campos (DEM-MT) e que teve sua aprovação por meio do Congresso e foi sancionado pelo presidente Bolsonaro, acabou por interromper os pagamentos de todas as mensalidades do tal financiamento até o fim do ano passado.

fies-700x366-3607474-5552966-6500331
Atualmente, o projeto permanece em discussão mais uma vez para que seja prorrogado o prazo para a suspensão do pagamento do Fundo de Financiamento Estudantil até o final deste ano.

Com a aprovação feita pelo Senado, o texto irá seguir para uma avaliação da Câmara dos Deputados. Caso seja aprovada, passará para a sanção de Jair Bolsonaro, no qual pode aceitar o texto parcialmente, integralmente ou até mesmo vetar por completo.

Objetivo do projeto de suspensão do pagamento do Fies

Segundo Dário Berger (MDB-SC), que é o relator desta proposta, o objetivo da medida seria aliviar todas as dificuldades forçadas por conta da pandemia e permanecer com os vínculos dos estudantes e das instituições de ensino em que estão matriculados atualmente.

Berger também disse que a proposta irá servir para amenizar a situação complicada  em que diversos alunos de ensino superior se encontram, levado em consideração o estado atual que assola o Brasil, principalmente no meio da população mais jovem.

Ela também servirá para amenizar a já difícil situação em que se encontram muitos estudantes egressos da educação superior, tendo em vista o quadro que assola o País, sobretudo entre a população mais jovem”, afirma.

Paulo Guedes critica o Fies

Durante uma reunião na semana anterior, sem saber que estava a ser gravado, Paulo Guedes, o ministro da Economia, fez uma crítica após afirmar que o governo federal entregou bolsas nas universidades a “todo mundo” através do financiamento.

Em suas palavras, o ministro da economia disse que o programa havia chegado a bancar a universidade até mesmo para o “filho do porteiro no qual zerou a prova”.

Contudo, o Fies, que teve sua criação no ano de 2001, se trata de uma ação do Ministério da Educação no qual faz o financiamento dos cursos superiores em instituições particulares e, diferente do Prouni, o mesmo não garante bolsas para os estudantes.

Na verdade, o Fundo de Financiamento Estudantil, criado em 2001, é uma ação do Ministério da Educação que financia cursos superiores particulares – e não garante bolsas como o Prouni.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More