MEC aumenta em 26% o número de bolsas e reajusta valores

0
Avalie este artigo!

Baixe nossas atividades em alta qualidade!

O Ministério da Educação (MEC) anunciou na quinta-feira (16) uma ampliação de 26% no número de bolsas administradas pela pasta. Esta medida impactará positivamente cerca de 250 mil bolsistas em todas as unidades da Federação, além de oferecer 10 mil novas bolsas para atender aos editais da CAPES.

Valores Atualizados dos Benefícios

BenefíciosValor Anterior (R$)Valor Atualizado (R$)
Mestrado e Doutorado1.5002.100
Pós-Doutorado2.2003.100
Iniciação Científica400700
Iniciação Científica Júnior100300
Bolsa Permanência400700

Novos Valores de Bolsas Acadêmicas

Os novos valores já serão pagos a partir de março. Considerando o valor de cada bolsa, o aumento será de cerca de 40% para os estudantes de mestrado e doutorado: o benefício subirá de R$ 1,5 mil para R$ 2,1 mil na primeira categoria; e de R$ 2,2 mil para R$ 3,1 mil na segunda. Os pós-doutorandos terão um acréscimo de 27%, elevando a bolsa de R$ 4,1 mil para R$ 5,2 mil.

novos valores de bolsas academicas
Aumento dos valores. Fonte/Reprodução: original.

O auxílio para a iniciação científica e à docência passará de R$ 400 para R$ 700 e a iniciação científica júnior passará de R$ 100 para R$ 300 com um aumento de 75%. A Bolsa Permanência também foi reajustada em cerca de 20%, sendo que quem ganhava uma bolsa de R$ 400 passará a receber R$ 700.

Investimentos

Os investimentos foram anunciados por Luiz Inácio Lula da Silva, presidente da República, e pelos ministros da Educação, Camilo Santana, e da Ciência, Tecnologia e Inovação, Luciana Santos, em cerimônia no Palácio do Planalto. O orçamento da Sesu e da CAPES recebeu um acréscimo de R$ 2,4 bilhões para garantir o investimento.

Objetivo

O objetivo dos investimentos é incentivar a educação superior e contribuir para que o Brasil se torne referência mundial em educação e tecnologia. Além disso, as mudanças permitirão que mais 90 mil bolsistas sejam beneficiados em 23 modalidades diferentes de auxílios.

Quem será beneficiado?

Mais 250 mil bolsistas, incluindo estudantes de mestrado, doutorado, pós-doutorado, pós-graduação, iniciação científica, iniciação à docência e Bolsa Permanência serão impactados positivamente pelas mudanças.

Quais são os novos valores?

Estudantes de mestrado e doutorado: benefício subirá de R$ 1,5 mil para R$ 2,1 mil.
Pós-doutorandos: acréscimo de 27%, elevando a bolsa de R$ 4,1 mil para R$ 5,2 mil.
Iniciação científica e à docência: passará de R$ 400 para R$ 700.
Iniciação científica júnior:R$ 100 para R$ 300 com um aumento de 75%.
Bolsa Permanência:R$ 400 passará a receber R$ 700.

 

Deixe um comentário