A place where you need to follow for what happening in world cup

Atividades sobre Tradições Orais – História 5 ano

0 4.140

Vamos encontrar juntos as melhores Atividades sobre Tradições Orais, saiba como melhor trabalhar estes temas em sala de aula e conquiste os alunos.

fogueira-9866675
Atividades sobre Tradições Orais

Aprender a importância das tradições orais vem se tornando cada vez mais algo do passado, em um mundo de tecnologia as maneiras mais antigas vem se perdendo e cabe ao professor e a família manter essa cultura viva para as próximas gerações.

Contudo você não precisa passar por esse tipo de desafio sozinho, nossa missão aqui é justamente oferecer atividades que sirvam para ajudar você professor a encontrar as atividades que precisa para trabalhar este tema em sala de aula.

Atividades sobre Tradições Orais

Vamos então começar agora mesmo com a apresentação de algumas atividades que você professor pode aplicar em sala de aula e conseguir o máximo de participação dos alunos neste tema.

O uso da linguagem e a memória

Contar histórias é uma tradição antiga em várias culturas do mundo. Em alguns povos africanos, há contadores profissionais que transmitem histórias de geração em geração. Também é comum, entre os povos indígenas do Brasil, os idosos reunirem as crianças da aldeia para contar histórias sobre a origem do mundo e dos costumes do seu povo.

Leitura de texto

Leia o texto a seguir, da contadora de histórias e poetisa brasileira Geni Guimarães

Aviso

Olha aqui, moço:

Aquela história

Que você inverteu,

Meus avós explicaram para meus pais,

Meus pais explicaram para mim,

Eu já expliquei para os meus filhos,

Meus filhos vão contar para os filhos

deles: Cuidado, pois.

GUIMARÃES, Geni. Da flor o afeto,

da pedra o protesto. Barra Bonita:

Ed. da Autora, 1981.

LEIA E RESPONDA:

1 – Você conhece histórias que foram contadas por seus avós, pais ou outras pessoas mais velhas sobre a vida no passado?

2- Por que é importante preservar as tradições e os conhecimentos das pessoas mais velhas?

Comunicar-se pela linguagem

Antes do surgimento da linguagem verbal, os seres humanos se comunicavam por meio de gestos, gritos e até mesmo cheiros. Cientistas acreditam que a arte e a fala surgiram ao mesmo tempo, há cerca de 40 mil anos. Desde então, essas linguagens são utilizadas para a comunicação e para a transmissão de conhecimento. Depois do surgimento da linguagem verbal, os seres humanos inventaram outros meios para se comunicar. Os modos como nos comunicamos hoje são mais diversificados do que a maneira como nossos antepassados se comunicavam.

CARTA – TELEFONE 1876 – CELULAR 1973 – SMARTPHONE 2007 – TELÉGRAFO 1837 – FAX 1851- INTERNET 1968

RESPONDA:

1 – A linha do tempo acima mostra diferentes meios de comunicação. Quais são as semelhanças e as diferenças entre eles?

2 – Quais desses meios de comunicação você costuma utilizar em seu cotidiano? Resposta pessoal

A Libras, como é conhecida a Língua Brasileira de Sinais, é utilizada pela comunidade surda brasileira. Trata-se de uma língua de sinais que utiliza o movimento das mãos e do corpo.

Como o português, a Libras tem regras gramaticais próprias e pode ser aprendida e utilizada por qualquer pessoa, surda ou não.

A escrita e os registros da História

Atualmente, é muito comum o uso de símbolos na comunicação. Alguns símbolos podem ser compreendidos por diferentes povos, independentemente da língua falada por eles, e por esse motivo são muito utilizados para substituir avisos, comunicados e proibições por escrito.

Essa maneira de se comunicar também é muito utilizada em redes sociais e aplicativos de troca de mensagens. Os emojis, por exemplo, servem tanto para representar objetos como para demonstrar emoções, as chamadas “carinhas”.

stencil-placa-acessibilidade-14x14-ref-5880-or-8753982-5893274
Acessibilidade
ced-03-ambiental-lixo-no-seu-lugar-4700456-3074983
Proibido Jogar Lixo
icone-sem-som-alto-falante-audio-interface-sim-9329166-7272840
Sem SOM
saiba-um-pouco-mais-sobre-7-das-substancias-mais-l-9241122-8125892
Perigo
placa-de-sinalizacao-reciclavel-iplacas-sinali-1052795-8558206
Reciclar

Acessibilidade proibido jogar lixo sem som perigo reciclar

RESPONDA:

1 – Você utiliza símbolos para se comunicar? Em quais situações? Resposta pessoal

2 – Agora, imagine que você está conversando com um colega de sua sala por meio de um aplicativo de troca de mensagens. Escreva como seria esse diálogo na escrita geralmente usada nesse meio de comunicação. Resposta pessoal

3 – Quais são as principais diferenças entre escrever uma mensagem para o colega e uma redação na escola? Resposta pessoal

Após o desenvolvimento da linguagem oral, os seres humanos demoraram milhares de anos para criar as primeiras formas de linguagem escrita. Resposta pessoal

Na região da Mesopotâmia, por exemplo, isso só ocorreu por volta de 3500 a.C., quando os sumérios inventaram a escrita cuneiforme.

No mesmo período, os egípcios criaram a escrita hieróglifa. Mas foram os fenícios que, por volta de 1200 a.C., inventaram o primeiro alfabeto de que temos conhecimento.

word-image-18-6288410-1401124

Tablete com escrita cuneiforme produzida cerca de 2400 a.C. na região da Mesopotâmia, atual Iraque. Os sumérios riscavam a placa e a deixavam secar.

word-image-19-1061116-7565013

Hieróglifos – A escrita egípcia recorria a símbolos para registrar informações e ideias.

word-image-20-5557021-8956426

Alfabeto fenício

O uso da escrita, além de possibilitar o registro e a transmissão de informações, provocou grandes transformações e desenvolvimento nas sociedades humanas.

Na Mesopotâmia, a escrita era utilizada para controlar atividades comerciais e registrar grandes acontecimentos, rituais religiosos, leis e canções.

Um dos mais antigos conjuntos de leis escritas que se conhece é o Código de Hamurabi, criado durante o governo do rei Hamurabi da Babilônia, na Mesopotâmia, por volta de 1750 a.C.

O Código de Hamurabi foi esculpido em um monumento de pedra para todos conhecerem os castigos que teriam caso cometessem os delitos registrados. Leia abaixo dois artigos desse código.

O Código de Hamurabi

• Se um homem cegou o olho de um homem livre, o seu próprio olho será cego.

• Se cegou o olho de um escravo, ou quebrou-lhe um osso, pagará metade do seu valor.

São Paulo. Secretaria do Estado da Educação. Coletânea de documentos históricos, de 5ª a 8ª séries. p. 53.

Atividades sobre Tradições Orais – FAQ

Vamos aproveitar a oportunidade para tirar algumas duvidas sobre como esta forma de tradição pode realmente ser aproveitada em sala de aula.

Qual a importância da tradição oral na atualidade?

Embora a tradição oral não tenha mais a mesma utilidade do passado, esse tipo de tradição merece ser respeitada e transmitida como parte da nossa historia e da nossa cultura, preservar nossas raízes é fundamental para construir nosso futuro.

Como tornar a tradição oral interessante nos dias de hoje?

Aprender as tradições orais pode ser realmente divertido, basta que para isso o professor use de auxilio visual, técnicas como marionetes e outras formas de dramatização podem ser muito efetivas.

Como ensinar a tradição oral em tempos de tradição digital?

Todos sabemos que para os alunos existe apenas a tradição digital e naturalmente isso torna mais desafiador o ensino das tradições orais, por isso para o professor trabalhar este tema, a melhor solução é realmente ceder um pouco e combinar o oral com o digital para ganhar o engajamento dos alunos.

Tudo para suas aulas!

Se você gostou de nossas dicas sobre como melhor trabalhar a tradição oral em sala de aula e quer continuar contando com nossas dicas e sugestões bem como nosso acervo que conta com centenas de atividades diversas, aproveite para ler nossos artigos diários e encontre tudo para fazer suas aulas ainda mais completas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.